Analisar e Pensar, não mata ninguém

Não devemos nos precipitar com o que sentimos.
Antes, temos que analisá-los de um modo limpo e de forma a não nos comprometermos e depois vir o arrependimento.
É interessante e muito maravilhoso nos apaixonar. No entanto, quando não tomamos cuidado e cautela isso pode nos prejudicar.
Entra o conceito de razão e emoção. É possível que andem juntos? Sim, é. Mas devemos saber utilizar isso, para que o sentimento não se sobressaia e prejudique todo um momento belo.
Como é essa análise? Não sei te dizer, cada um tem seu modo de observar e fazer isso.
No meu caso, eu penso em vários âmbitos, situações e racionalidades das coisas, mesclando o conhecimento que tenho dela e assim chegar a uma conclusão. Claro! Não omite-se os conceitos de que a pessoa pode mudar, dentre outros.
Não é algo sucinto, requer um tempo. O amor surge nessas entrelinhas: a convivência, o conhecimento, sorrisos, análises. Enfim (senão já entra em outro assunto).
É bom pensar e refletir bastante a respeito. Construir um relacionamento fundamentado e firme é muito importante. Não é para qualquer pessoa conseguir isso, principalmente nos dias de hoje em que os sentimentos são deixados de lado por muitas pessoas para dar lugar à diversão sem compromisso. Isso não é futuro para ninguém.

Related Posts

Nenhum comentário:

Postar um comentário