Pare com Isso!

Proponho a todos realizar a leitura deste texto abaixo.
Recomendo, pois recentemente passei por uma situação semelhante ao que ele "condena" que ocorra.


Somos responsáveis pelo nosso desenvolvimento pessoal, estamos no mundo para nos relacionarmos bem com as pessoas, a vida é favorável a quem, se esforça para ter relacionamentos saudáveis


Por: Múcio Morais

Pare de sentir pena de si mesmo e comece a sentir pena dos outros, em especial daqueles que convivem com alguém que utiliza da auto-piedade como plataforma para apoiar as suas necessidades e posições, rejeite pensamentos e arquivos interiores que dizem que você está sofrendo, decida também parar de sofrer, sim, isso mesmo, sofrimento é questão de opinião, uns sofrem porque perderam e outros se alegram porque podem aprender na perda, quem é você que se comporta como seu próprio algoz? Liberte-se, resolva, decida que já é feliz e mantenha a posição, pare de fazer as pessoas sentirem culpa por você ser tão infeliz.
Pare de culpar as pessoas pela sua infelicidade, aprenda a assumir a responsabilidade pelos seus fracassos, aprenda que fracasso é somente um resultado de dois possíveis, sucesso ou fracasso, se você já atingiu um então o outro está bem perto, aprenda a viver sem culpa e sem culpar, aprenda que a vida não é um inquérito portanto descobrir e punir o culpado não muda a realidade, só fará você e os outros sofrerem, quanto sofrimento você já causou fazendo os outros sentirem-se mal? Quanto você já contribuiu para um ambiente hostil e tenso com sua mania de culpar? Quanto você já pressionou para se colocar "especial"? Quem você pensa que é? Acorde, hora de mudar isso também.
Culpar os outros é um ato de covardia por medo de questionar a si mesmo e descobrir-se imperfeito. (Múcio Morais)
Saia da posição de pedinte, aprenda que ninguém deve nada a ninguém, que cada um deve conquistar a vida por conta própria, quem veio ao mundo com a missão de dar é você, então comece a distribuir o que você tem e pare de pedir, dê uma olhada em seu interior, procure seus melhores sentimentos, desejos, impressões e dê às pessoas, tem muita gente precisando de você, mude a posição de suas mãos, ao invés de espalmadas e esticadas a frente, aprenda a apontá-las pra baixo e na posição de pegar e não de receber;
Pare de criticar, isso é ridículo, quem consegue perceber tantos defeitos nos outros só pode estar cego sobre si mesmo, aprenda a ver as pessoas com mais leveza, com graça, com bondade, entendendo que cada um tem sua origem, seu aprendizado, sua visão, perspectiva de vida e condição emocional, as pessoas são diferentes mas são únicas e especiais. Pare de ser crítico, as pessoas irão se afastar de você, ninguém gosta disso, é difícil ficar perto de você com tanto negativismo, o negativo repele, afasta e aos poucos você não será lembrado nem para aniversário de sobrinho; O que? Já esta acontecendo? Então mude rapidinho meu amigo!
Pare de se auto-sabotar, de dizer que não pode, não sabe, não consegue, não quer, cresça, seja maduro emocionalmente, sua fase de criança já passou, as crianças podem se comportar dessa forma, salvo se você quiser se manter na infância, ai tudo bem, meninão pra sempre! Um adulto deveria saber que limites são para serem superados e você nem atingiu o seu mínimo, o desconhecido é para ser explorado, o difícil é apenas uma indicação para o nível de esforço, só isso, deixe a infantilidade e cresça de repente, as pessoas irão gostar demais, sabe de uma coisa? Conviver com uma criança grande é muito difícil, pare com isso, as pessoas não te agüentam mais, cresça, cresça, cresça!
Pare de falar demais, contar vantagens, se colocar como capaz, inteligente, poderoso, eficiente, fazendo marketing de si mesmo, nada mais chato do que alguém que não consegue ouvir e refletir na questão do outro, pare de dizer "eu também..." Exclua-se do estrelato ao conversar com alguém, coloque as pessoas na posição de honra, aprenda a dar importância ao problema do outro, aprenda a sorrir, chorar, valorizar ou simplesmente escutar o que os outros têm a dizer, exima-se de dar opiniões em tudo, as pessoas só querem falar, não querem medir forças nem competir com você, seja simples, humilde, sereno e faça as pessoas se sentirem importantes perto de você, tente, você consegue!
Pare de guardar mágoa, esse comportamento só te faz viver atrelado ao passado e o pior, as coisas ruins que estão na sua lembrança, alguém disse certa vez que a mágoa é como beber um copo de veneno pensando que o outro é quem vai morrer; A mágoa está te adoecendo, tirando sua lucidez, sua capacidade de ver o brilho das coisas, te atormentando e provocando queda de energia espiritual e emocional, te deixando impotente para servir e amar, implantando a indiferença no seu coração, mágoa é estupidez, é tolice, é imaturidade, decida perdoar, esquecer, analisar os acontecimentos por outro ângulo, colocar-se como parte do problema; Busque as pessoas, peça desculpas, aprenda a ser grande, tente, manter-se um anão de caráter é decisão sua e há coisas na vida que somente os grandes alcançarão!
Pare de procrastinar e usar o tempo como desculpa, "eu preciso de tempo para..." Que tal descobrir que você só tem o agora, nada mais. Pare de dizer que o tempo vai te mudar, que com o tempo as coisas irão melhorar, que o tempo vai te amadurecer, que você precisa ir devagar, isso só te faz perder oportunidades e manter a sua mediocridade por mais tempo na sua vida incomodando as pessoas, o tempo é agora, resolva, não seja fraco, decida e faça o que é necessário. Se não souber o que fazer, pergunte, deixe de ser orgulhoso e aprenda a ser humilde, simplesmente pergunte!
Este texto é parte da palestra Chega, Eu não me suporto mais assim!, que trata das mudanças de comportamentos que nos trazem infelicidade e bloqueios na vida, utilizada para melhoria de clima organizacional, eventos motivacionais e desenvolvimento de pessoas.

Related Posts

Nenhum comentário:

Postar um comentário